Ex-coordenador do MST, acusado de desvio de dinheiro público, é preso em Itu

Antonio Carlos dos Santos estava foragido pelo crime de extorsão, devendo 12 anos de prisão.

Por Henrique Gandini (Itu - SP) 11/01/2018 - 09:29 hs
Foto: Divulgação / PMR (Ilustrativo)
Ex-coordenador do MST, acusado de desvio de dinheiro público, é preso em Itu
Ele foi preso após demonstrar atitude suspeita.

O ex-coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), Antônio Carlos dos Santos, que estava foragido, foi preso pela Polícia Militar Rodoviária, na noite da última quarta-feira (11) em Itu.

De acordo com o registro policial, Santos trafegava em uma pickup na Rodovia Presidente Castello Branco (SP-280), quando próximo ao quilômetro 78, no sentido Itu, diminuiu a velocidade do veículo ao perceber uma viatura policial que trafegava no mesmo fluxo. O fato de evitar ultrapassar a equipe policial, gerou a suspeita dos militares que resolveram abordar o carro.

Após busca pessoal e no veículo, nada de ilícito foi encontrado, mas depois de consultas no banco de dados, foi constatado que o motorista estava foragido da justiça. Segundo o Tribunal de Justiça, Santos foi condenado há 12 anos e 13 dias pelo crime de extorsão e estava sendo procurado.

Desde 2011, Santos é acusado pelo Ministério Público Federal de desviar dinheiro público da reforma agrária no Pontal do Paranapanema (SP). Na época, ele chegou a ser preso pela Polícia Federal e junto com outros suspeitos, tinha a intenção de desviar pelo menos de R$ 5 milhões, segundo a PF de Presidente Prudente.

Ele foi apresentado no Distrito Policial e será encaminhado ao sistema penitenciário.